Vendas de gasolina descem 8% em 2011

1

O volume de vendas de combustíveis desceu mais de 2% em Janeiro. A gasolina foi a mais afectada, tendo as vendas recuado 8% no início de 2011. O aumento do preço dos combustíveis e a desaceleração económica são apontados como os principais factores desta descida.

Os dados da Direcção-Geral de Energia mostram que a gasolina voltou a ser o combustível mais penalizado, com uma quebra de 7,7% no volume vendido face a Janeiro de 2010. Para esta performance pior que o resto do mercado contribui o crescente fenómeno de transferência do parque automóvel para veículos a diesel, cujo preço continua a ser mais barato por causa do imposto mais baixo.

No entanto, nenhum combustível rodoviário foi poupado. Mesmo o gasóleo, incluindo o biodiesel, registou um decréscimo na procura de 0,7%. Esta queda foi mais acentuada no biodiesel, o que indica uma menor incorporação deste combustível, ao contrário das metas pretendidas pelo governo. O aumento dos encargos com a introdução de biodiesel, devido ao fim dos incentivos fiscais, pode ajudar a explicar a descida de 6,4%.

Os combustíveis, em particular o gasóleo, sofreram aumentos até 4 cêntimos logo no início com a subida de impostos. Desde então os preços não param de subir – gasolina a 1,6 euros e o gasóleo a caminho de 1,5 euros – mas agora por causa da valorização do petróleo.

in Jornal i

Share.
Saiba mais sobre:   História e Evolução

1 comentário

  1. Não admira que tenha descido com o preço que anda o combustível. Agora não se pode ter carro, e se for mesmo preciso aluga-se um barato e já está

Leave A Reply