Renault-Nissan põe ao dispor da COP 21 a maior frota de veículos elétricos de sempre numa conferência

0

Com início marcado para o fim de novembro, a 21.ª Conferência Anual das Partes (COP 21) – encontro organizado pelas Nações Unidas que se debruçará sobre as questões climáticas – já está a dar que falar graças a uma novidade sobre rodas proporcionada por um dos patrocinadores do evento, a aliança Renault-Nissan.

Encarregue do fornecimento da frota automóvel ao serviço da COP 21, a aliança Renault-Nissan prepara-se para disponibilizar a maior frota do mundo de veículos elétricos alguma vez utilizada num evento deste tipo, composta por nada menos que 200 veículos.

A COP 21 acontecerá em Paris entre 30 de novembro e 11 de dezembro e “rolará” sobre duas dezenas de veículos 100% elétricos que terão como missão o transporte dos delegados presentes na conferência, que estima receber mais de 20.000 participantes, acreditados pela Organização das Nações Unidas (ONU) e provenientes de 195 países. No seu conjunto, os veículos fornecidos pela aliança Renault-Nissan percorrerão mais de 400.000 km, produzindo zero emissões.

Carlos Ghosn, Presidente e diretor-geral da Aliança Renault-Nissan, não poupa elogios a estas viaturas e destaca as suas potencialidades:

“Os veículos elétricos são o modo de transporte que melhor permite reduzir as emissões de CO2 e os outros poluentes atmosféricos, melhorando assim a qualidade do ar das nossas cidades. Em conjunto, os setores públicos e privados podem acelerar a transição para uma sociedade zero emissões.”

A frota do COP 21 será integrada por modelos Renault ZOE, Nissan LEAF e Nissan e-NV 200 na versão de 7 lugares, que deverão estar sempre ao dispor dos delegados presentes no evento. Será também a primeira vez que as Nações Unidas se servem de uma frota automóvel 100% elétrica para garantir o transporte de delegados num evento à roda do clima.

No passado mês de junho a aliança Renault-Nissan lançou um repto em forma de concurso aos seus colaboradores da região de Paris, dando-lhes a oportunidade de participar na cimeira COP 21 enquanto condutores de um dos veículos desta frota 100% elétrica. De entre mais de 450 candidatos foram escolhidos 200 para frequentar um programa de formação específica que os preparou para este evento.

“Os colaboradores da Renault e da Nissan estão na primeira linha da revolução que constitui o veículo elétrico e são os melhores embaixadores para testemunhar os benefícios destes veículos e defender a mobilidade zero emissões”, sumariza Carlos Ghosn.

A Aliança Renault-Nissan vai ainda instalar uma rede composta por mais de 90 postos de carregamento rápido alimentados com eletricidade de baixo nível de carbono produzida pela EDF (a compensação das emissões residuais será feita no quadro do programa de compensação de emissões aprovado pelas Nações Unidas).

Proteja a sua frota “eletrificada” com a geolocalização.

Share.

Leave A Reply