Produção automóvel cai 3,6% no acumulado de 2015, mas regista incremento em junho

0

A produção automóvel por terras lusitanas cresceu 4% no mês de junho face ao período homólogo do ano passado. Porém, apesar do incremento recente, o fabrico de novos carros durante o primeiro semestre deste ano decresceu 3,6% face aos primeiros seis meses de 2014. As marcas mais representativas da produção são a Volkswagen, a Seat, a Citroën e a Peugeot.

Segundo dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP) divulgados esta quinta-feira, 9 de julho, foram produzidos no mês de junho 15.499 veículos, ou seja, mais 4% do que em junho do ano passado. No entanto, foram produzidos somente 87.502 veículos no primeiro semestre de 2015, o que corresponde a uma diminuição de 3,6% em relação ao período homólogo.

Em junho deste ano, no total, produziram-se 11.724 veículos ligeiros de passageiros, 3.473 comerciais ligeiros e 302 veículos pesados. No acumulado do ano, foram produzidos 66.102 ligeiros de passageiros, 19.544 comerciais ligeiros e 1.856 veículos pesados.

A Autoeuropa é a maior produtora de automóveis em Portugal, tendo produzido 65% dos veículos fabricados em junho e 66,9% dos produzidos no acumulado do ano. Segue-se depois a Peugeot Citröen, que produziu 31,9% dos veículos de junho e 29,5% do primeiro semestre do ano.

No caso dos ligeiros de passageiros, que representam a maior fatia do total de veículos produzidos no país (66.102 unidades fabricadas de janeiro a junho), 74% dos produzidos em junho foram da marca Volkswagen, 12% da Seat, 7,8% da Citröen e 6,3% de marca Peugeot. No que concerne ao acumulado do ano, 69,4% dos veículos produzidos em Portugal foram da marca Volkswagen, 19,2% da Seat, 5,9% da Citröen e 5,6% da Peugeot.
No que concerne os veículos comerciais ligeiros, Citröen e Peugeot dominam o mercado. 49,6% dos veículos produzidos em junho eram de marca Peugeot, enquanto 45,3% eram Citröen. No que diz respeito ao acumulado do ano, mantém-se a relação de forças, tendo a Peugeot 47% dos veículos e a Citröen 46,3%.

Quando o assunto são veículos pesados, só a Mitsubishi produziu veículos em junho e detém uma percentagem de 97,8% no acumulado do ano.

Cerca de 96% do total de veículos produzidos no país foram exportados, sendo que 54,2% são da marca Volkswagen, 14,9% são Seat, 14,1% são de marca Citröen, 13,8% são da Peugeot e 3% de marca Mitsubishi.

No total, 80% dos veículos exportados destinaram-se à Europa, sendo que o mercado alemão é o mais significativo e representa 27,6% do total de veículos exportados. Segue-se depois o mercado espanhol, para onde se exportaram 13,7% dos veículos, a mesma percentagem das unidades exportadas para a China.

Por: Inês F. Alves | Fonte: Jornal de Negócios

Proteja a sua frota automóvel – torne-a localizável.

Share.
Saiba mais sobre:   Artigos, Atualidade

Leave A Reply