Preço dos combustíveis está a subir… E o consumo também

0

O preço dos combustíveis fez o título de muitas notícias no início de 2015 pela tendência continuada de queda que então mostrava. Mas o primeiro mês do ano foi uma exceção à regra. O custo destes produtos segue agora a tendência inversa, tendo registado uma subida gradual entre fevereiro e abril.

Preços mínimos este ano foram registados no final de janeiro.

O preço dos combustíveis rodoviários tem vindo a subir desde fevereiro, mas o consumo está também a aumentar.

Em abril, foram vendidas 392 mil toneladas de gasóleo, uma subida de 7,7% em relação ao mesmo mês do ano passado, de acordo com um relatório da Entidade Nacional para o Mercado de Combustíveis. A procura por gasolina ascendeu às 93 mil toneladas, o que significa um crescimento de 5,9%.

Os números mostram ainda que o mês de abril foi o segundo consecutivo a registar um aumento do consumo, depois de uma quebra em fevereiro (o que também reflete o facto de este mês ter menos dias). Já durante os quatro primeiros meses do ano, o consumo total cresceu 4,8% no caso do gasóleo e 2,2% na gasolina.

Os preços, por seu lado, também têm vindo a subir, em parte devido a uma recuperação do preço internacional do petróleo, e em parte devido ao aumento dos impostos sobre o combustível. Ainda assim, os valores observados em abril ficam abaixo dos que foram registados no mesmo mês do ano passado.

Neste setor, o mês passado ficou marcado pela introdução dos chamados combustíveis simples. Desde o dia 17 de abril, a generalidade dos postos de abastecimento é obrigada por lei a vender gasolina e gasóleo sem aditivos. Trata-se de uma medida do Governo, muito contestada pelas petrolíferas, para tentar impulsionar a uma redução de preços, uma vez que a não inclusão de aditivos reduz os custos de produção.

Janeiro ainda foi um mês de descida, seguindo a tendência dos últimos meses do ano passado, ao longo dos quais os preços foram pressionados por uma redução significativa da cotação do crude.

O preço mínimo do gasóleo em 2015 foi observado na semana que começou a 26 de janeiro, quando este combustível custava então 1,127 euros por litro. O preço do gasóleo atingiu 1,242 euros na semana de 27 de abril. Por seu lado, o valor mínimo da gasolina 95 foi registado sensivelmente na mesma altura – nas semanas de 19 e 26 de janeiro –, período em que o preço foi de 1,305 euros por litro, significativamente abaixo dos 1,5 euros da última semana de abril.

A comparação entre os preços em Portugal e os da União Europeia mostra realidades diferentes para a gasolina, que é mais cara do que a média da UE e da zona euro, e o gasóleo, cujo preço fica abaixo das médias destes dois grupos. Em qualquer dos casos, as diferenças são inferiores a dez cêntimos.

Em Portugal, o gasóleo foi, durante o mês de abril, 1,5 cêntimos por litro mais barato do que no conjunto da zona euro e ficou 5,1 cêntimos abaixo da média dos 28 países da União. Já a gasolina custou mais 1,2 cêntimos do que na zona euro e mais 7,5 cêntimos do que a média da UE.

Por: João Pedro Pereira | Fonte: Público

A localização por satélite ajuda-o a controlar melhor os gastos com combustível da sua frota.

Share.
Saiba mais sobre:   Combustíveis

Leave A Reply