Poupança: A caça ao tesouro e a ajuda do motorista

0

Já quase tudo foi feito. Começam a faltar ideias eficazes para a eliminação de custos que não comprometam a performance da frota da empresa. Nesse momento, a poupança interna converte-se numa autêntica caça ao tesouro. Todos os responsáveis apresentaram as suas estratégias baseando-se em teorias, erros do passado ou sucessos anteriores.

Normalmente, faz-se tudo menos ouvir os condutores.  São eles que estão no terreno e poderão ter uma visão mais  precisa da realidade. Mas não basta pedir uma opinião ou pedir uma resposta sincera. A relação tem que ser trabalhada constantemente e não apenas em situações de maior aperto ou desespero.

Por isso

Promova uma cultura de cooperação – Promova a partilha de ideias relativas ao estado-geral da frota. Oiça o que resulta e não resulta. Oiça as preocupações dos condutores e partilhe também as suas. Deste modo, quando necessitar de uma opinião sincera dos seus condutores, notará que estes terão muito mais à vontade em partilhar consigo a sua visão.

Tudo tem um porquê. Então explique – Imagine que um gestor de frota marca uma reunião com os condutores da sua empresa para a discussão de soluções que permitam melhorar a produtividade. A reunião não terá qualquer sucesso se não apresentar as razões da reunião. E não pense que está a demonstrar fragilidade. Bem pelo contrário, está a passar uma mensagem de confiança nos seus motoristas, valorizando as suas opiniões. E, sejamos sinceros, implementar uma estratégia na base da omissão é tudo menos uma forma honesta de promover a mudança.

O mapa do tesouro, ou da poupança, está muitas vezes nas mãos dos condutores. Por isso é bom que siga as pistas certas para lá chegar. 

Roubo de combustível: quanto custa à sua empresa?

Dependendo da tipologia de veículo e da respectiva capacidade dos depósitos, um único roubo de combustível pode representar para a empresa um prejuízo que pode ir desde algumas dezenas de euros até…
Leer Mais »

Share.
Saiba mais sobre:   Gestão de Frotas, Problemas Frequentes

Leave A Reply