O novo Toyota Avensis sai ao “primo” Auris e quer cativar frotas empresariais (com vídeo)

0

O Toyota Avensis recebeu um “facelift” que o dotou de novos motores, fornecidos pela BMW, e de um design fortemente inspirado noutro modelo da fabricante japonesa – o Auris. O preço deste topo de gama remodelado começa ligeiramente abaixo dos 30.000€ (na versão menos equipada) e espera cativar em particular as empresas e suas frotas automóveis.

Esta remodelação do topo de gama da Toyota é apenas uma operação de revigoramento. Ainda não é desta que o Avensis tem direito a uma versão híbrida, como acontece com quase todas as restantes gamas Toyota presentes na Europa, perdendo até o direito aos (bons e fiáveis) motores da casa para, em vez deles, ver as suas propostas diesel a serem preenchidas por motores de outra marca.

É certo que falamos da conceituada BMW, mas não do que de mais recente e evoluído se faz na casa de Munique, já que o Avensis apenas tem direito ao bloco de 1.6 litros com 112 CV (270 Nm) e ao 2.0 de 143 CV (320 Nm), ambos rebatizados com a habitual designação D-4D.

O grosso das vendas nacionais será, certamente, preenchido pelo turbodiesel mais pequeno, cujos preços começam nos 29.890€ para o sedan de 4 portas e o magro nível de equipamento base Comfort, especialmente configurado para as frotas de empresa, um dos principais targets do novo Avensis. A carrinha, com a designação Touring Sports, implica um acréscimo de 1.370€.

Para ter direito ao ecrã tátil de oito polegadas que domina o novo tablier inspirado no do Auris, torna-se necessário subir ao patamar Exclusive, que custa 32.540€ (33.910€ na carrinha).

A grande vantagem é que, na fase de lançamento (mas sem prazo definido), a Toyota oferece o equipamento Luxury na compra do nível Exclusive, que acresce vidros traseiros mais escuros, acabamentos cinza e cromados na consola central, sistema mãos-livres, bancos em pele parcial e calhas na bagageira com ganchos de fixação de carga na carrinha.

Ainda mais recheado está o patamar Premium, ao qual só se acede optando pelo motor 2.0 D-4D, a custar 42.210€. Isto não significa, no entanto, que não se possa escolher este turbodiesel mais potente com os níveis de equipamento Exclusive (35.740€) ou Luxury (38.000€).

Quem tiver uma fixação inexplicável por motores a gasolina terá à disposição um bloco de 1.6 litros Valvematic com 4 cilindros, 132 CV de potência e 160 Nm de binário, cuja média de consumo de 6,1 litros aos cem não consegue igualar os económicos 4,2 litros anunciados para o 1.6 D-4D nem os 4,6 l/100 que consome o 2.0 D-4D.

No caso do turbodiesel mais pequeno esta média é conseguida muito às custas do escalonamento extra longo das três mudanças mais altas da caixa manual de seis velocidades, que corta algum vigor às retomas de velocidade, mas cujo seletor, preciso e mecânico, é dos detalhes que mais agradam na condução do novo Avensis, a par do bom isolamento acústico.

Baseado na mesma plataforma do modelo anterior, o Avensis de 2015 mantém uma habitabilidade mediana, com uma bagageira que não assusta a concorrência, ficando-se pelos 543 litros na carrinha e 509 litros no sedan.

Recebeu, no entanto, muitos melhoramentos de suspensão, concretamente novos amortecedores e barras estabilizadoras mais grossas, que o tornam mais estabilizado em curva. A direção também está mais precisa e houve um acréscimo de rigidez estrutural.

Os efeitos destes melhoramentos notam-se na forma neutra como o Avensis digere as curvas mais fechadas, sem adornamento exagerado e sempre com grande segurança.

Está também mais dotado de ajudas eletrónicas, visando claramente as cinco estrelas nos testes EuroNCAP, ao incluir o pacote Toyota Safety Sense. Este engloba o sistema pré-colisão com travagem autónoma de emergência, o controlo automático dos máximos, o sistema de reconhecimento de sinais de trânsito e o alerta de mudança de faixa.

A nova frente, muito inspirada no Auris, dá nova identidade a um Avensis que se mantém tradicional e discreto, fiel à imagem de fiabilidade e fiel companheiro para longos anos sem avarias, tal como a marca apregoa num dos seus spots publicitários: “Toma-me por garantido, toma-me para a vida!”

E agora, veja-o em detalhe no video que se segue

Fonte: Turbo

Otimize os gastos em combustível vigiando os trajetos do veículos da sua frota. Saiba como.

Share.
Saiba mais sobre:   Artigos, Atualidade

Leave A Reply