Novo combustível “carbono zero”

0

É uma descoberta revolucionária. Para além de não apresentar emissões de carbono, os primeiros dados indicam que este combustível poderá ser usado em qualquer motor de combustão interna existente nos nossos automóveis, sem necessidade de alterações mecânicas.

A Cella energy, sediada no Reino Unido, é a organização responsável pelo desenvolvimento desta tecnologia. Este trabalho desenvolveu-se ao longo de quatro anos sob o máximo secretismo, no prestigioso Laboratório Rutherford Appleton, próximo de Oxford.

Este combustível, para além de não emitir gases de efeito de estufa durante a combustão, poderá apresentar um preço estável e competitivo a rondar os 25 cêntimos por litro.

De acordo com Stephen Voller, Director-Executivo da Cella Energy, a tecnologia foi desenvolvida utilizando materiais avançados que capturam e encapsulam energia através de uma técnica de nano-estruturação denominada coaxial electrospraying.

Os primeiros dados indicam que o combustível pode ser utlizado em motores de combustão interna sem necessidade de alterações mecânicas. “Desenvolvemos novas microesferas que podem ser usadas em veículos a gasolina e gasóleo já existentes para substituir os combustíveis derivados do petróleo”, refere Voller. “Os materiais são baseados em hidrogénio, e assim quando usados não produzem emissões de carbono, de forma semelhante ao que ocorre com os veículos eléctricos.”

A equipa de investigação e desenvolvimento foi liderada pelo professor Stephen Bennington, director científico da Cella energy, em colaboração com cientistas da Universidade College London e da Universidade de Oxford. O professor Bennington, sublinha: “a nossa tecnologia é baseada em materiais chamados hidretos que contém hidrogénio. Quando encapsulados através do nosso processo único patenteado, são mais seguras de manusear do que a gasolina tradicional.”

in Naturlink

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply