Na Europa só italianos querem mais os carros da Google e da Apple que os portugueses

0

Estarão os portugueses preparados para comprar um carro da Google ou da Apple? A resposta é claramente sim, diz um estudo conduzido pelo Observador Cetelem .

Cerca de 61% dos automobilistas manifestam vontade em adquirir uma viatura de uma ou outra marca, uma percentagem superior à média dos 15 países analisados (55%). Entre os europeus, os portugueses são mesmo dos que mais manifestam interesse nestes veículos, sendo apenas ultrapassados pelos italianos (66%).

De acordo com este estudo, nos países emergentes verifica-se um maior entusiasmo com os automóveis de Silicon Valley, especialmente na China, onde nove em cada 10 automobilistas dizem-se prontos a comprar um veículo concebido pela Google ou pela Apple. Noutros países em desenvolvimento, como o México e o Brasil, o interesse também é visível: oito em cada 10 estão interessados em adquirir uma destas viaturas.

Na Europa, onde os construtores de automóveis tradicionais estão bem estabelecidos e são reconhecidos, o entusiasmo com os carros construídos pelos gigantes tecnológicos norte-americanos é um pouco mais contido. Cerca de 48% dos automobilistas europeus afirmam-se atraídos pelo Google Car ou pelo seu equipamento equivalente da Apple, pelo que os portugueses estão mesmo em destaque, uma vez que a percentagem de automobilistas lusos interessados nestes novos veículos chega aos 61%.

Estarão os portugueses preparados para comprar um carro da Google ou da Apple? A resposta é claramente sim,

“Os portugueses não só estão prontos para confiar nas viaturas concebidas pelos gigantes tecnológicos, como a Apple e a Google, como são dos mais entusiastas, especialmente entre os europeus. Portugal destaca-se ainda mais quando comparado com países com forte tradição na construção de automóveis, como a França e a Alemanha”, comentou Diogo Lopes Pereira, director de Marketing do Observador Cetelem.

Fonte: Lusomotores (adaptado)

Vigie a atividade dos veículos da frota da sua empresa com soluções de localização por GPS.

Share.
Saiba mais sobre:   Tecnologia

Leave A Reply