MAN testa “camião longo”

0

A MAN Nutzfahrzeuge vai participar na Alemanha em testes no terreno com um “camião longo”. Deste modo, a construtora apoia o objetivo do governo alemão de combater precocemente a crescente intensidade dos transportes de bens com conceitos que prometem ter êxito.

Tal como estipulado no acordo de coligação, o governo alemão vai iniciar os testes no terreno de veículos comerciais inovadores, no início de 2011. O projecto deverá decorrer durante um ano e mais de 200 empresas já anunciaram a sua participação. A MAN Nutzfahrzeuge vai associar-se com dois “camiões longos”, esperando assim ganhar conhecimentos importantes sobre a sua eficiência de transporte, especialmente no que diz respeito à poupança de combustível e de CO2. Por esse motivo, os veículos estão equipados com o sistema Telematic, que regista todos os dados operacionais relevantes dos veículos. Os dois camiões longos possuem os componentes típicos daqueles utilizados já actualmente por muitos clientes do setor dos veículos comerciais.

“Os conceitos de veículos comerciais alternativos não só permitem a expansão das infra-estruturas de transporte de acordo com a procura, mas também dão um contributo de enorme importância para aumentar a capacidade do transporte de bens por estrada de uma forma amiga do ambiente. A MAN está convencida que, com os camiões longos, está a testar uma tecnologia de futuro que irá permitir baixar significativamente as emissões de CO2”, afirma Georg Pachta-Reyhofen, CEO da MAN SE e da MAN Nutzfahrzeuge.

Recorde-se que, em muitos países da UE, o comprimento máximo dos camiões está atualmente limitado a 16,50 metros para tratores com semi-reboque e 18,75 metros para camiões articulados. No entanto, os fabricantes e operadores acreditam que os camiões mais compridos irão revelar-se significativamente mais eficientes no transporte de bens por estrada.

in Frota News

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply