Leasing recupera em Portugal

0

Segundo dados da ALF (Associação Portuguesa de Leasing, Factoring e Renting), entre Janeiro e Junho de 2010, o ‘leasing’ atingiu um total de contratos no valor de 2,089 mil milhões de euros face ao valor homólogo de 2,002 mil milhões de euros, divulgam em comunicado.

“No ‘leasing’ mobiliário foram efectuados 26.436 contratos de viaturas (ligeiras e pesadas), num total de cerca de 783 milhões de euros, e 7.808 contratos de equipamentos vários, que se traduziram em aproximadamente 673 milhões euros.”, referem.

Já no ‘leasing’ imobiliário, no primeiro semestre de 2010 foram firmados 1.714 contratos, com um valor de cerca de 633 milhões de euros. No período homólogo, o número de contratos era menor, na ordem dos 1.545, mas a receita maior, com 690 milhões de euros de produção.

“Estamos a assistir a uma recuperação do sector do leasing em Portugal”, sublinha o presidente da ALF, José Beja Amaro, “contudo, o mercado está ainda retraído”.

Já no que toca aos fornecedores deste serviço financeiro, o Banco Espírito Santo, a Caixa Leasing e Factoring e o Banco Comercial Português destacaram-se em 2009 como as três maiores empresas portuguesas.

Na tabela apresentada pela Leaseurope (representante europeia das empresas de locação) e divulgada agora pela ALF em comunicado, o BES protagonizou a maior subida, ocupando a 29ª posição face ao 39º lugar em 2008. Também a Caixa Leasing e Factoring subiu para a 31ª posição, depois de em 2008 ter ocupado o 37º lugar.

Quanto ao BCP, o banco passou do 35º lugar do ranking, em 2008, para a 34ª posição no ano passado, referem.

in Jornal de Negócios

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply