Há mais assaltos a carrinhas de transporte no Verão

0

O Verão potencia comportamentos agressivos e a criminalidade, principalmente nos meios urbanos. Há menos polícias nas cidades porque são canalizados para as zonas balneares onde se juntam mais pessoas. Por outro lado, entram no País muitos estrangeiros, alguns organizados em verdadeiras “mafias” que se dedicam a assaltar habitações e carrinhas de transporte de valores.

A criminalidade importada é uma preocupação realçada pelo Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo (OSCOT). Numa altura em que chegam muitos turistas e emigrantes, muita gente entra também em Portugal, com vistos turísticos, mas cujo objectivo é realizar assaltos para depois, rapidamente, saírem do País, admite o presidente do OSCOT, José Manuel Anes, ao DN.

Aumente a segurança da sua equipa

“Há um conjunto de assaltos, a carrinhas de transporte de valores e a caixas multibanco, que vão continuar a existir este ano”, prevê José Manuel Anes. Isto porque, “no Verão, há mais dinheiro a circular“. No caso dos assaltos a carrinhas de valores, as autoridades policiais têm-se defrontado com grupos cada vez mais especializados. Gangues de outros países que chegam a Portugal com planos previamente montados e estudados aos pormenor. “Muitos desses elementos têm inclusive armamento e treino militar”, diz o responsável pelo OSCOT, que considera que esta realidade vai continuar a aumentar em Portugal.

in Diário de Notícias

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply