Governo francês fortalece volume de ações na Renault

0

O Estado francês reforçará significativamente a sua posição na Renault para garantir maior poder na próxima reunião de acionistas, agendada para o fim deste mês. A decisão de aplicar até 1,23 mil milhões de euros em ações da fabricante automóvel surge na sequência de uma lei aprovada em 2014, segundo a qual as ações de capital aberto detidas por mais de dois anos passam, com a concordância dos restantes acionistas, a ter voto duplo.

O Governo francês anunciou esta quarta-feira, 8 de abril, que vai gastar até 1,23 mil milhões de euros para aumentar a sua participação na Renault. O objetivo é aumentar a participação dos 15 para os 19,7%, com a aquisição de aproximadamente 14 milhões de ações.

As mesmas deverão garantir ao Executivo gaulês o controlo dos direitos de voto na empresa automóvel na reunião de acionistas marcada para o final deste mês de abril.

A decisão chega depois de uma alteração na lei francesa em 2014, que estabelece que as ações de capital aberto detidas por mais de dois anos adquirem automaticamente direito de voto duplo, a menos que os acionistas votem contra a alteração.

O Governo francês quer assim garantir o voto favorável dos restantes acionistas nesse encontro, podendo reforçar a sua posição nas decisões tomadas daqui em diante. A intenção é de vender as ações recém-compradas após a votação.

A Renault é a marca automóvel mais vendida em Portugal.

Fonte: Jornal de Negócios

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply