Gasóleo mais barato?

0

As revoltas nos países do Médio Oriente, especialmente na Líbia, estão a fazer disparar os preços do petróleo, e consequentemente, dos combustíveis, segundo avança a Rádio Renascença. Esta manhã, o preço do barril de petróleo chegou a estar perto dos 120 dólares no mercado londrino. Segundo o site Mais Gasolina, na Galp e na BP, o gasóleo já custa cerca de € 1.38 por litro, e a gasolina já ascende a mais de €1.52.

Apesar dos preços actuais se aproximarem do pico de preços registados em Agosto de 2008, o secretário-geral da Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas (APETRO) disse à Renascença que o aumento do petróleo registado nos últimos dias só vai chegar às bombas na próxima semana, pois “esta escalada dos últimos dias ainda não está reflectida“. Acrescenta que “só no final desta semana é que se poderá apurar qual poderá ser o impacto na próxima”.

De facto, apesar da Líbia já ter interrompido parte do abastecimento mundial, António Comprido garante que não falta petróleo no mercado – o que há é muito nervosismo.

Os principais afectados pelo constante aumento do combustível são aqueles que mais dependem de abastecimentos frequentes, nomeadamente transportadoras de mercadorias, e empresas com frotas ao serviço.

Com a situação de instabilidade na Líbia sem fim à vista, pode esperar-se uma nova escalada de preços na próxima semana. A Autoridade da Concorrência também já avançou à Rádio Renascença que não vai investigar o mercado dos combustíveis. O Automóvel Clube de Portugal recorreu ao Tribunal Administrativo de Lisboa para obrigar o regulador a investigar os postos “low cost” da Galp em Setúbal, mas a Autoridade da Concorrência considerou que não há indícios de violação das regras de concorrência.

Perante um cenário do qual não se esperam melhorias, o Blog Gestão de Frotas falou com a Inosat, líder no mercado ibérico em soluções de gestão de frotas e localização GPS, para saber como é que os produtos desta TI podem ajudar às empresas reduzir no consumo do combustível.

Segundo revelou o departamento de Marketing da Inosat, esta TI lançou agora uma nova solução para empresas, que permite uma poupança até 15% de consumo de combustível, apenas pela análise da condução do motorista. Esta solução, designada InoXpert, é conectada ao Can Bus do veículo, de forma a medir o consumo de combustível e permitir uma análise ao tipo de condução do motorista.

Para além de reduzir o consumo de combustível, a empresa também beneficiará de uma redução significativa nos custos associados à manutenção do veículo através da adopção de um estilo de condução mais defensivo, tal como podemos ver no gráfico seguinte.

Através do InoXpert é possível ainda determinar fugas de combustível, pela suspeita da quebra no nível do reservatório de combustível e também pela comparação do consumo de combustível do veículo com os respectivos abastecimentos.

Quer combustível mais barato? Saiba mais sobre o InoXpert!

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply