Motores fraudulentos Volkswagen terão incrementado em 0,5% as emissões poluentes no país

1

Um estudo elaborado pelo Centro de Investigação em Ambiente e Sustentabilidade da Universidade Nova de Lisboa estima que a fraude dos motores a diesel da Volkswagen foi responsável por um aumento anual de 0,5% das emissões poluentes para a atmosfera produzidas pelo país.

Conclusões de um estudo do centro de investigação da Universidade Nova de Lisboa.

Os carros a diesel que foram viciados pela Volkswagen provocaram um aumento de 0,5 por cento das emissões anuais de gases poluentes para a atmosfera em Portugal.

Os cálculos foram feitos pelo Centro de Investigação em Ambiente e Sustentabilidade, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

Ao todo são mais 807 toneladas de óxidos de azoto por ano libertadas no ar, como revelou à Antena 1 o coordenador do estudo, Francisco Ferreira.

O centro de investigação da Universidade Nova de Lisboa estima que, à custa da fraude nos veículos a diesel do grupo Volkswagen, as emissões de óxidos de azoto de todas as viaturas ligeiras em Portugal tenham aumentado, num ano, 2,8 por cento.

Esta semana ficou a saber-se que em Portugal haverá cerca de 117 mil veículos afetados pela fraude do grupo Volkswagen.

Fonte: RTP | Fonte (imagem): Volkswagen

Proteja a frota automóvel da sua empresa – torne-a localizável.

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

1 comentário

  1. Pingback: Volkswagen interrompe venda de viaturas afetadas na UE

Leave A Reply