Eurovinheta: Espanha não vai aplicar

0

A possibilidade de taxar os camiões que circulam nas autovias espanholas não está nos planos dos decisores do país vizinho, pelo menos durante a atual legislatura, que decorre até à Primavera de 2012.

O ministro das Obras Públicas em Espanha, José Blanco, fez esta afirmação na conferência de imprensa em que deu conta do plano ferroviário de transporte de mercadorias: “Num momento de crise económica não se pode agravar o sector dos transportes”, acrescentando que não está sequer a ser equacionada “a introdução de portagens nas autovias que já estão em funcionamento”.

Em cima da mesa estava a introdução de um imposto de 10 cêntimos por quilómetro percorrido para os veículos de mercadorias com mais de 3,5 toneladas, uma medida relacionada com a chamada Eurovinheta.

in CargoNews

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply