Empresários negam ter atirado pedras a camionista durante greve

0

Os dois empresários que foram detidos pela GNR durante a greve dos transportadores, por apedrejamento de um camião cujo motorista não aderiu ao protesto, em Travasso, Pombal, negaram ontem em tribunal terem arremessado qualquer pedra. Disseram também não ter visto “ninguém” na posse de “objectos ou pedras”.

Os depoimentos foram contrariados por um militar da GNR que declarou não ter “quaisquer dúvidas quanto à identidade dos arguidos”. O militar estava no local quando ocorreu o apedrejamento que levou à detenção, em flagrante delito, dos dois suspeitos.

O tribunal requereu, para a próxima audiência, segunda-feira, a audição do condutor do camião apedrejado, tendo em vista o “esclarecimento cabal dos factos“.

in Correio da Manhã

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply