Descontos nas portagens das SCUT prejudicam Estradas de Portugal

0

Os descontos nas portagens das SCUT às transportadoras vão levar a uma quebra nos proveitos da Estradas de Portugal.

O Executivo de José Sócrates garante que é “diminuto” o impacto das medidas acordadas, esta semana, com os transportadores rodoviários de mercadorias, que incluem os descontos para os camionistas no pagamento de portagens nas SCUT. Mas a medida não implicará compensações directas para a Estradas de Portugal (EP), que gere a rede rodoviária nacional.

Para o presidente demissionário da EP, qualquer que seja o montante implicará uma quebra de proveitos na empresa. Almerindo Marques defende que ou o Governo faz uma compensação directa à EP ou a empresa terá de assumir a quebra de receita.

O Diário Económico sabe que esta última via será a opção do Executivo, que terá estimado o custo dos descontos nas SCUT para as transportadoras em cerca de 10 milhões de euros, enquanto a perda de receita com portagens estimada é de 160 milhões de euros, em 2011.

in Diário Económico

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply