Como evitar acidentes planeados

1

Hoje em dia, as empresas sofrem cada vez mais com os chamados acidentes planeados – criminosos provocam o embate de carros empresariais no seu, para ficar com o dinheiro da seguradora. As frotas empresariais são as vítimas preferidas destes gangues, pois sabem que normalmente o veículo não pertence ao condutor, logo não fará muitas perguntas, e que a viatura tem um seguro caro.

Geralmente, os criminosos provocam estes acidentes mantendo-se muito perto do carro de trás, e travando em alturas inesperadas. A estratégia envolve desligar os faróis dos travões, para que as travagens se tornem imprevisíveis. Assim, os condutores não conseguem evitar a colisão.

Uma das melhores maneiras de evitar este tipo de acidentes é manter a distância de segurança entre veículos e estar sempre atento. Muitos condutores conduzem perto dos outros e não conseguem evitar a colisão. Em caso de condições atmosféricas adversas, deve-se aumentar a distância de segurança, pois tanto a visibilidade do condutor como o piso da estrada são fortemente afectados.

Para evitar este tipo de crime, o gestor de frota deve garantir que os motoristas se mantém atentos à estrada em todo o percurso. Usar o telemóvel, para efectuar chamadas ou mandar mensagens, comer ou ler devem ser comportamentos proibidos. Devem ser incentivadas as paragens rápidas para comer ou descansar durante a viagem, e o uso de kits de mãos-livres. Os gestores de frota devem contactar constantemente os seus motoristas em viagens longas, para garantir que estão a cumprir as suas orientações e avaliar o seu nível de fadiga.

Muitas vezes, estes acidentes são provocados para roubar a mercadoria transportada. Em Portugal, acontecem frequentemente assaltos a carrinhas de tabaco, por exemplo. Para estes casos, a medida mais eficaz é investir em sistemas de gestão de frotas e localização GPS, que possuem periféricos como botões de pânico, que o motorista pode accionar para comunicar um assalto. Quando o botão de pânico é activado, a sede da empresa e a polícia são informadas, e é possível proceder rapidamente ao socorro do motorista, que pode estar ferido, e à recuperação da mercadoria e da viatura. Através do dispositivo de localização GPS, a polícia pode seguir os assaltantes e até inibir remotamente o arranque da viatura. Quando os assaltantes pararem e voltarem a tentar arrancar, o motor não irá responder, e a polícia poderá ir ao encontro dos mesmos. Assim, garante a segurança dos seus colaboradores e da frota.

in Fleet News

Share.
Saiba mais sobre:   Gestão de Frotas

Privacy Preference Center

Estritamente Necessário

Cookies necessários para o correcto funcionamento do site.

GDPR, __stid, __unam, PHPSESSID, __cfduid

Análise Anónima

Estes cookies permitem-nos contabilizar visitas e fontes de tráfego para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Esta é uma ferramenta bastante útil, já que nos ajuda a conhecer as páginas com maior e menor popularidade, assim como a forma como os visitantes utilizam o site.

_ga, _gid, __sharethis_cookie_test__, popupally-cookie-1

Close your account?

Your account will be closed and all data will be permanently deleted and cannot be recovered. Are you sure?