Carta por pontos exige “muito mais dos condutores”

0

O novo sistema de Carta por Pontos entra em vigor já amanhã (quarta-feira) e o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, espera que incentive os condutores a alterarem os seus comportamentos e cuidados nas estradas.

Em entrevista à agência Lusa, José Gomes, refere que a nova carta “”Vai exigir muito mais dos condutores, exigir muitos mais cuidados e, acima de tudo, melhores comportamentos. É disto que estamos a falar, melhores comportamentos dos cidadãos quando utilizam a sua viatura”.

O secretário de estado fala de ineficácia do sistema de cassação que agora termina, apelidando-o inclusivamente de permissivo, uma vez que a cassação do título de condução só acontece após três infrações muito graves ou cinco infrações entre graves e muito graves no espaço de cinco anos.

José Gomes fala deste novo sistema como um modelo mais eficaz no que respeita á alteração do comportamento dos automobilistas, penalizando os comportamentos “mais perigosos”, como o excesso de álcool e de velocidade, ao serem retirados mais pontos quando se comete esta infração.

“Excesso de velocidade é sempre perigoso, mas um excesso de velocidade juntamente com excesso de álcool é sempre mais perigoso. Esta graduação já existe hoje no Código da Estrada. Não há rigorosamente nada de novo na Carta por Pontos, a não ser a forma como é controlado o comportamento do condutor”, disse.

O governante esclarece ainda que o novo sistema da Carta por Pontos não implica qualquer amnistia ou perdão administrativo aos condutores que tenham infrações graves e muito graves.

Qualquer contraordenação grave, muito grave ou crime rodoviário praticado antes da entrada em vigor deste sistema vai ser punido ao abrigo do regime anterior.

Fonte: Jornal de Notícias (adaptado)

Vigie a atividade dos veículos da frota da sua empresa com soluções de localização por GPS.

Share.
Saiba mais sobre:   Legislação

Leave A Reply