Empresas norte-americanas apostam em camiões híbridos

0

Face ao exponencial aumento do preço do combustível e ao aquecimento global, diversas empresas norte-americanas já apostaram na aquisição de camiões híbridos para as suas frotas.

De facto, de acordo com o fórum norte-americano de utilizadores de camiões híbridos, existem seis companhias a desenvolver tecnologias de motores híbridos nos Estados Unidos, e trinta operam com este tipo de veículos, nos estados de Washington, Mississippi, Indiana, Nova Iorque e Flórida. É o caso da empresa Power & Light, distribuidora de energia eléctrica, sediada na Flórida. George Survant, gestor de frotas da empresa, afirma que já sente o retorno deste investimento.

A Power & Light tem 3 mil e 500 veículos ao serviço, sendo 20 camiões híbridos. Survant afirma que estas viaturas são as mais económicas de toda a frota. 

Leia mais sobre frotas amigas do ambiente

De facto, os motores eléctricos permitem reduzir a emissão de poluentes até 70 por cento e reduzem o consumo de combustível em cerca de 30 por cento.

Um veículo híbrido funciona através de um dispositivo de armazenamento de energia, um sistema eléctrico de propulsão e um sistema de combustão interna, como um motor convencional a diesel. O motor a diesel está ligado a um gerador de energia eléctrica, que produz energia para o motor eléctrico e as baterias. O motor eléctrico move o veículo e pode gerar mais energia durante a aceleração e a travagem. Essa energia acumulada pode, por sua vez, ser usada para accionar o motor principal. Deste modo, o motor eléctrico permite uma considerável poupança de energia e aumenta o tempo de vida do veículo, uma vez que não desgasta tanto o motor principal.

Para empresas como a Power & Light, que opera sobretudo em centros urbanos, os motores eléctricos são uma grande vantagem, uma vez que os veículos estão sempre a parar e a arrancar. “Um terço da poupança que obtivemos deriva dessa particularidade dos motores eléctricos”, confessa Survant.

“Outra vantagem é que o facto de não ser necessário manter o motor principal em funcionamento, permitindo diminuir os ruídos em áreas residenciais ou de hospitais”, diz Survant.

Empresas com veículos eléctricos beneficiam de redução em IRC

O responsável acredita que a aposta nestes veículos é fundamental, devido às leis que limitam as emissões de poluentes e aos incentivos governamentais em reduzir as mesmas.

Survant verificou, também, que os camiões híbridos não desvalorizam, em termos de preço, como os veículos a combustível, pois não apresentam o mesmo desgaste.

O gestor de frotas afirmou, ainda, que não lhe custa “imaginar um futuro em que os veículos dependem principalmente de baterias e menos de combustível”, e que espera ter, brevemente, uma frota composta por 60 por cento de camiões híbridos.

in Business Fleet

Share.

Leave A Reply