As empresas mudaram. E as frotas?

0

O mundo mudou. Falamos tanto a nível económico como ambiental, social, político e tecnológico. A vida das empresas, naturalmente, e das frotas automóveis, como consequência, acompanharam estas mudanças com novas preocupações.

Eficiência, redução de custos, manutenção e segurança, sempre foram temas sensíveis aos gestores de frota. Mas, e de há uns anos para cá, um outro conjunto de preocupações surgiu no processo de gestão.

Frotas mais ecológicas – Ambiente é tema central

Existem já sinais muito claros de que o futuro das frotas automóveis passará cada vez mais pela substituição gradual dos veículos tradicionais (a gasóleo e gasolina). Desde os elétricos aos híbridos, o desenvolvimento deste tipo de veículos tem-se traduzido numa aposta cada vez maior por parte das empresas.

O tema da autonomia é sensível, mas está prestes a deixar de ser uma desculpa plausível para a não utilização de veículos movidos a fontes de energia alternativas.

Também o tempo de carregamento é visto como um handicap para a não utilização dos “novos veículos”. Mas veja-se o exemplo do autocarro da Proterra que carrega em apenas 10 minutos.

Frotas autónomas – Mudança de paradigma

Já circulam em algumas estradas, os carros autónomos. É certo que este não será, porventura, o melhor momento para falar entusiasticamente deste tema, após o acidente que envolveu um carro da famosa fabricante de carros autónomos, a Tesla.

Também a Nissan, através da gama Leaf, se mostrou interessada em lançar comercialmente um veículo autónomo. O prazo de 2020, estipulado pela fabricante, poderá mesmo ser concretizável.

Fonte: Blog Cartrack (adaptado)

Faça frente ao encarecimento do serviço da sua frota de pesados com soluções que potenciam a poupança.

Share.

Leave A Reply