Eco-frotas: A solução da Arval

1

O termo “eco-frotas” em Portugal tem mais a ver com economia de combustível que com veículos híbridos ou eléctricos. De facto, esta tipologia automóvel ainda está longe de se afirmar no mercado português. Não obstante, as empresas portuguesas revelam uma grande preocupação em tornar as suas frotas verdes, ou seja, económicas. A crise financeira e a escalada dos preços de combustível a isso obriga.

As empresas de gestão de frota portuguesas perceberam esta tendência e criaram soluções para acompanhar as necessidades do mercado.

A solução da Arval passa pela educação dos condutores na gestão de combustível. “O serviço de eco-condução não pode ser dissociado da abordagem TCO (Custo Total de Utilização) e da influência que o condutor tem nos custos com a mobilidade, cerca de 30%”, diz Rui Duarte, da direcção de produto da empresa.

Quem é quem no mercado de AOV ou Renting?

A formação para a eco-condução está disponível para todos os segmentos de clientes da Arval. Independentemente da dimensão da frota, a gestão de combustível é substancialmente valorizada por empresas mais maduras, multinacionais, assim como por empresas representativas do tecido nacional e das PME’s. “Existe uma considerável curiosidade por parte dos clientes em relação ao produto e à forma como está desenhado. Nomeadamente, a possibilidade de uma análise TCO, assim como a expectativa de poupanças ao efectuar a gestão de combustível da Arval”, refere Rui Duarte. “É que”, sublinha, “muitos clientes ficam surpreendidos pelos custos de combustível de uma frota, cerca de 25%, bastante superior ao inicialmente pensado”.

Eco-frotas para reduzir custos

Após a adesão ao serviço de gestão de combustível, a Arval estabelece um plano que tem em conta as necessidades de mobilidade e os condutores. “Ao nível dos condutores, por exemplo, recebem mensalmente um relatório detalhado com os seus consumos, alertas, sugestões de melhoria, tipo de consumo e custos associados”.

O serviço permite ainda que o responsável da frota do cliente analise, com uma periodicidade definida previamente com a sua equipa de gestão, os principais indicadores em temos de consumo, tipo de consumo, emissões de CO2, comportamentos de condução, taxa de sinistralidade e consumo de pneus, aspectos intimamente ligados entre si. O objectivo fundamental é identificar poupanças face ao custo total com a frota.

in Fleet Magazine

Share.
Saiba mais sobre:   Frotas amigas do ambiente

Privacy Preference Center

Estritamente Necessário

Cookies necessários para o correcto funcionamento do site.

GDPR, __stid, __unam, PHPSESSID, __cfduid

Análise Anónima

Estes cookies permitem-nos contabilizar visitas e fontes de tráfego para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Esta é uma ferramenta bastante útil, já que nos ajuda a conhecer as páginas com maior e menor popularidade, assim como a forma como os visitantes utilizam o site.

_ga, _gid, __sharethis_cookie_test__, popupally-cookie-1

Close your account?

Your account will be closed and all data will be permanently deleted and cannot be recovered. Are you sure?