ANTROP: Primeira entidade a apostar na formação de motoristas

1

Pedro Neto, Director do Gabinete Técnico da ANTROP, explica como surgiu a iniciativa de investir na formação de motoristas de pesados de passageiros e de mercadorias. Esta é a primeira entidade licenciada do país a ministrar cursos de motoristas para obtenção do CAM – Certificado de Aptidão para Motorista. A aposta nesta área traduz-se num novo e inovador Centro de Formação, inaugurado a 16 de Março, no Porto.

Como nasceu a ideia da ANTROP exercer a actividade de formação de motoristas de veículos pesados?

A preocupação da ANTROP com a actividade de formação profissional não é de agora, nem surge como consequência desta nova obrigatoriedade para os motoristas de veículos pesados de passageiros e de mercadorias. Desde que alargou o âmbito da sua actividade, em Janeiro de 2000, acrescentando a “Formação Profissional”, a ANTROP tem vindo a desenvolver inúmeras acções de formação direccionadas também para os motoristas das empresas suas associadas, nomeadamente, ao nível da condução económica, ambiental e defensiva e da regulamentação da actividade. Tendo, inclusivamente, criado em candidaturas apresentadas ao anterior Quadro de Apoio Comunitário cursos que, na sua génese, já contemplavam as matérias agora previstas com a transposição para o ordenamento jurídico nacional da Directiva Comunitária 2003/59 CE, de 15 de Julho.

No entanto, em 2005 e no âmbito de um projecto apoiado pela iniciativa comunitária EQUAL, o “Volante XXI”, a ANTROP começou a trabalhar mais especificamente esta matéria em parceria com o IMTT e outras três entidades: ANTRAM, Rodoviária do Tejo e Transportes Luís Simões. Esta experiência de aproximadamente três anos permitiu a aquisição de competências fundamentais para uma óptima implementação de todo o processo formativo.

Irão disponibilizar cursos diferenciados para motoristas de pesados de mercadorias e pesados de passageiros?

Em termos de cursos e no que diz respeito à sua nomenclatura eles são iguais, no entanto, existem de facto diferenças ao nível dos objectivos e dos seus conteúdos e, consequentemente, a ANTROP contempla na sua oferta formativa as necessárias especificidades associadas a cada sector. Em conformidade com o referido, iremos disponibilizar cursos diferenciados para motoristas de veículos pesados de passageiros e pesados de mercadorias.

Quais são as grandes mais-valias do centro de formação recentemente inaugurado no Porto?

O modelo formativo da ANTROP oferecido neste centro de formação contempla, para alem da utilização dos recursos técnico-pedagógicos exigidos e constantes do Decreto-Lei n.º126/2007, de 27 de Maio, incluindo duas óptimas salas de formação, a utilização de um Simulador de alta qualidade modelo TRUST 3000, cabine Volvo, produzidos pela empresa francesa THALES.

Em paralelo, será utilizado um sistema de formação em computador (CBT – Computer Based Training). O centro dispõe de oito portáteis equipados com o respectivo software de formação e que, entre outras, permite as seguintes experiências formativas:

– Utilizar sistemas telemáticos integrados no veículo;
– Assumir os processos de mudança e a evolução das tecnologias dos veículos e equipamentos de transporte;
– Aplicar a geo-referenciaçao e redes viárias;
– Ler e interpretar mapas de estradas;
– Respeitar os tempos de condução e repouso;
– Interpretar e utilizar o tacógrafo e demais equipamento técnico de bordo.

Que impactos considera que o desenvolvimento desta actividade terá para a ANTROP e para o sector?

Com a entrada em vigor desta nova legislação o acesso à profissão de motorista de veículos pesados representa um desafio que o sector tem de enfrentar de forma clara, pois, não bastará a quem quiser aceder à profissão possuir a carta de condução “normal” terá que complementar esta habilitação com uma qualificação inicial e realizar, de 5 em 5 anos, e ao longo da sua vida activa, formação contínua específica.

in Transportes em Revista

Share.
Saiba mais sobre:   Entrevistas

1 comentário

  1. Todos juntos somos poucos para travar o DRAMADA SINISTRALIDADE RODOVIÁRIA

    tenho a vos dizer que lamento mas a VERDADE É SÓ UMA
    Respeitosos cumprimentos
    Antonio Patricio-odramadasinistralidaderodoviaria.blogspot.com

Leave A Reply