ACAP: Vendas de automóveis devem cair 20 por cento

0

As vendas dos automóveis ligeiros em Portugal deverão cair este ano mais de 20 por cento, mas já a produção e as exportações no sector deverão aumentar, antecipou hoje o presidente da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), José Ramos.

Em conferência de imprensa, o presidente da ACAP, estimou que este ano a previsão de vendas de automóveis ligeiros de passageiros deverá cair 23,3 por cento face ao ano anterior, para 171.500 veículos.

José Ramos apresentou também os números para 2010, tendo o mercado de ligeiros de passageiros acabado o ano passado com a venda de 223.464 unidades, correspondentes a um crescimento de 38,8 por cento face a 2009.

O presidente da ACAP justificou, sobretudo, esta evolução com a antecipação da procura no final do ano devido à anunciada extinção do programa de incentivos ao abate de veículos, ao aumento Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) e do IUC (Imposto de Único de Circulação).

Já em 2010, a produção também cresceu 26 por cento, representando 1,7 por cento do total das exportações portuguesas. José Ramos destacou ainda que o sector automóvel é o que “gera mais receitas fiscais para o Estado”, tendo no ano passado atingido 6,4 mil milhões de euros, ou seja, 3,9 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) e 20 por cento do total do dinheiro arrecadado com impostos.

in DN Economia

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply

 

Privacy Preference Center

Estritamente Necessário

Cookies necessários para o correcto funcionamento do site.

GDPR, __stid, __unam, PHPSESSID, __cfduid

Análise Anónima

Estes cookies permitem-nos contabilizar visitas e fontes de tráfego para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Esta é uma ferramenta bastante útil, já que nos ajuda a conhecer as páginas com maior e menor popularidade, assim como a forma como os visitantes utilizam o site.

_ga, _gid, __sharethis_cookie_test__, popupally-cookie-1

Close your account?

Your account will be closed and all data will be permanently deleted and cannot be recovered. Are you sure?