Goodyear recebe Prémio Ambiental da Fedil do Luxemburgo pelo fabrico de pneus com recurso à de casca de arroz

0

Há cerca de cinco meses a Goodyear fez saber que passaria a aproveitar casca de arroz para a produção de silíca. Agora, a fabricante de pneumáticos vê a sua inovação aplaudida com a atribuição do Prémio Ambiental da Fedil (Federação Empresarial do Luxemburgo) 2015 na categoria “Eficiência de recursos”.

Produzida a partir de cinzas de casca de arroz, esta sílica inovadora é utilizada como agente de reforço na banda de rodagem e aplicada nos pneus de elevado desempenho da Goodyear.

“A sílica das cinzas da casca do arroz da Goodyear apresenta diversas vantagens ambientais. Reduz a quantidade de resíduos de cinzas que vão para aterro e o processo de conversão da sílica requer menos energia. Além disso, os nossos pneus são mais eficazes no consumo de combustível, o que reduz a emissão de CO2 do veículo, e proporciona ao mesmo tempo uma elevada aderência do pneu em piso molhado o que melhora a segurança rodoviária”, referiu Carlos Cipollitti, Diretor-geral do Centro de Inovação da Goodyear no Luxemburgo.

A sílica tradicional dos pneus é feita de areia e a sua fabricação requer grandes quantidades de energia e temperaturas muito elevadas. Em contrapartida, a sílica das cinzas da casca de arroz deriva das cinzas produzidas pela queima da casca do arroz, a parte exterior do grão de arroz, e requer uma quantidade de energia muito menor.

Anualmente, a produção mundial de arroz é superior a 700 milhões de toneladas, segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), e a eliminação da casca de arroz constitui um desafio do ponto de vista ambiental. Com frequência, a casca de arroz é queimada para produzir eletricidade e os resíduos das cinzas resultantes são depositados em aterros.

Ao longo dos últimos três anos, os engenheiros da Goodyear nos Centros de Inovação no Luxemburgo e os Estados Unidos trabalharam arduamente para tornar viável esta tecnologia e desenvolveram uma solução sustentável e ecológica para substituir a sílica tradicional pela sílica obtida das cinzas da casca de arroz.

Este prestigiado galardão foi entregue por Robert Dennewald, presidente da Fedil. Romain Hansen, Diretor de Projetos Tecnológicos da Goodyear ficou encarregue de o receber, numa cerimónia que contou com a presença de Camille Gira, Secretária de Estado do Luxemburgo para o Desenvolvimento Sustentável e Infraestruturas.

Vigie os gastos em combustível da sua frota com a localização por GPS.

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply