Gestão de frotas via localização GPS

3

O GPS (Global Positioning System, ou em português, Sistema de Posicionamento Global) é um sistema de navegação desenvolvido pelo Departamento de Defesa Americano, que fornece posições e informações temporais exactas, gratuitamente, para civis e militares do mundo inteiro. O sistema fornece a localização e o tempo exacto a qualquer pessoa que tenha um receptor GPS.

O sistema GPS é composto por: satélites na órbita da Terra; estações terrestres, e os receptores GPS dos utilizadores. São 24 os satélites que orbitam a Terra, circulando-a duas vezes por dia, a uma altitude de 500 quilómetros. As órbitas dos satélites foram escolhidas de modo que qualquer ponto da Terra se possam ver entre 5 e 8 satélites. No entanto, para calcular com precisão uma posição, basta apenas receber em boas condições o sinal de apenas quatro destes satétiles.

Nas estações terrestres são observadas as trajectórias dos vários satélites GPS, e procede-se à actualização do tempo. Esta informação é transmitida aos satélites. Com estes dados, o sistema informático em cada um dos satélites recalcula e corrige a sua posição absoluta e corrige a informação que é enviada para a Terra. A estação primária de controlo da constelação GPS está localizada nos Estados Unidos, no estado do Colorado.

Os receptores GPS dos utilizadores é constituído por um receptor de rádio com uma unidade de processamento capaz de descodificar em tempo real a informação enviada por cada satélite e calcular a posição. Cada satélite envia sinais de características diferentes em intervalos de 30 em 30 segundos e de 6 em 6 segundos. Na informação enviada aos satélites, estão envolvidas técnicas matemáticas que permitem recuperar a informação perdida na transmissão devido a más condições atmosféricas e inosféricas. Mesmo assim, nos períodos de grande actividade solar a maior parte da informação enviada pelos satélites perde-se, não sendo fiável a informação processada pelos receptores do sinal GPS. De acordo com o tipo de utilizador (civil ou militar), os sinais dos vários satélites podem ser descodificados de acordo com o fim em vista.

O sistema GPS tornou-se uma ferramenta essencial em várias áreas do quotidiano, como os transportes, que dependem dos dados do GPS para os seus percursos, para serviços de emergência médica, entre outros.

O mercado da gestão de frotas também se encontra a investir nesta tecnologia, que lhe permite localizar e controlar a frota permanentemente e em tempo real. Tendo acesso às posições e tempo exacto recolhido pelo sistema GPS instalado na viatura, o gestor de frota pode avaliar o desempenho da frota em termos de rotas, viagens e outros, que lhe permitiram optimizar as rotas, corrigir o comportamento dos seus funcionários, e assim gerar um aumento da produtividade.

Fonte: Gps.gov e Instituto Superior Técnico

Share.
Saiba mais sobre:   Tecnologias de Gestão de Frotas

Leave A Reply